História Permanente do Cinema | Tudo que o Céu Permite

História Permanente do Cinema | Tudo que o Céu Permite

No dia 04 de julho, quinta, às 17h, a mostra História Permanente do Cinema exibe Tudo que o Céu Permite, de Douglas Sirk.

Cary Scott (Jane Wyman) é uma respeitável viúva da alta classe média, que se sente frustrada mas reencontra o amor ao se apaixonar por Ron Kirby (Rock Hudson), seu jardineiro. Apesar de ser 15 anos mais velha e ter um casal de filhos já crescidos, ela decide assumir esta paixão. Entretanto Cary encontra preconceito em vários de seus amigos íntimos e até mesmo nos filhos, que não aceitam que a mãe tenha tal relação.

Sessão comentada por Breno Henrique. Atua em pesquisa, crítica e produção de cinema. Bacharel em cinema e audiovisual pelo centro universitário UNA e Mestrando em Comunicação Social pela UFMG. Trabalhou como diretor de arte nos filmes “Gole de Febre” e “INTERNO” exibido em festivais de cinema no Brasil. Escreveu e dirigiu o curta ‘’Como se o céu fosse oceano’’ exibido no 4° Toró – Festival Audiovisual Universitário de Belém. Pesquisa as relações raciais em curtas metragens realizadas por cineastas negros.

O evento tem correalização da APPA- Arte e Cultura.

 INFORMAÇÕES GERAIS 
 O quê? História Permanente do Cinema | Tudo que o Céu Permite, de Douglas Sirk (All That Heaven Allows, EUA, 1955) | 10 anos | 90′
 Onde? Cine Humberto Mauro | Palácio das Artes | Av. Afonso Pena, 1537. Centro. Belo Horizonte
 Quando? 4 de julho | 17h
 Entrada? Gratuita
 Informações para o público: (31) 3236-7400