História Permanente do Cinema | Esse Louco, Louco Amor

História Permanente do Cinema | Esse Louco, Louco Amor

No dia 20 de junho, quinta, às 17h, a mostra História Permanente do Cinema, que apresenta clássicos do cinema mundial, dialoga com a mostra Jacques Tati e exibe Esse Louco, Louco Amor (1969). O filme é dirigido por Pierre Étaix, discípulo de Jacques Tati que chegou a trabalhar como assistente de direção em Meu Tio (1958).

20/06 QUI

17h HISTÓRIA PERMANENTE DO CINEMA ESPECIAL | Esse Louco, Louco Amor, de Pierre Étaix (Le grand amour, FRA, 1969) |12 anos | 87’

Pierre casou-se com Florence, a única filha de um pequeno industrial. 15 anos depois, ele é o chefe, mas sua vida de classe média o aborrece. Quando uma nova secretária jovem e bonita chega, ele começa a sonhar.

Sessão comentada por Camila Duarte. Formada em Moda pelo Centro Universitário Una e em diversos cursos ligados à área de figurino e moda. Professora de figurino para cinema na Escola Livre de Cinema e educadora no Ateliê da Vila também em Belo Horizonte. De 2013 a 2018 executou mais de 12 filmes, entre curtas, longas e séries para Tv e web e mais de 30 filmes publicitários.

O evento tem correalização da APPA- Arte e Cultura.

 INFORMAÇÕES GERAIS 
 O quê? História Permanente do Cinema | Esse Louco, Louco Amor
 Onde? Cine Humberto Mauro | Palácio das Artes | Av. Afonso Pena, 1537. Centro. Belo Horizonte
 Quando? 20 de junho | 17h
 Entrada? Gratuita
 Informações para o público: (31) 3236-7400