Acervo FCS – Desenhos | Setembro a Novembro

Acervo FCS – Desenhos | Setembro a Novembro

Créditos: Paulo Lacerda | Desenho: Sônia Laboriau

Créditos: Paulo Lacerda | Desenho: Sônia Laboriau

De 26 de setembro a 18 de novembro, o Palácio das Artes apresenta a exposição Acervo FCS – Desenhos. Pela primeira vez, serão expostas em conjunto os desenhos de diversos artistas, como Evandro Salles, Eymard Brandão, Irma Renault, Marina Nazareth, Antonio Julião, entre outros. Ao todo, serão 17 obras em tamanhos variados, com diversos suportes e materiais, como o grafite, a caneta, o pastel seco e o nanquim (com pincel e bico de pena). Trata-se de uma das raras oportunidades para o público conhecer e apreciar os diferentes momentos criativos de nomes importantes para as artes visuais do Brasil.

Com curadoria de André Murta, da gerência de Artes Visuais da FCS, a exposição estará localizada ao lado do Café do Palácio, com entrada pelo Jardim do Parque Municipal. A ocupação desse espaço, que já recebeu duas exposições de acervos neste ano – Acervo Gravuras e Acervo do Centro Técnico de Produção e Formação (CTPF) – confirma a versatilidade e a pluralidade do complexo cultural do Palácio das Artes.

Entre as obras de maior destaque, está um desenho da artista mineira Irma Renault. Autodidata, iniciou na pintura nos anos 70 e participou de inúmeros salões e coletivas com obras repletas de personagens lúdicos. No desenho escolhido para compor a exposição, a artista faz uma intervenção em um calendário. “Os desenhos de Renault são feitos sobre uma superfície já impressa, configurando uma nova forma de explorar a técnica. Os traços são muito particulares da artista, que explora temáticas recreativas e uma variedade de cores”, conta Murta.

Já na obra de Marina Nazareth, é possível compreender o desenho como parte de um processo criativo. Pintora, desenhista, gravadora, escultora e professora, a artista cria uma paisagem com traçados que brincam com a perspectiva e se tornam arquitetônicos – ideia que vem por trás de seu trabalho como pintora.

Segundo Murta, a exposição valoriza as técnicas mais usuais do desenho, mas dá espaço para outras práticas. “Mabe Bethônico, que compõe a mostra com duas obras, realiza grafismos em placas de metal, abrindo a mente do observador para uma série de possibilidades em que o desenho vai além do grafite no papel”, destaca o curador. “Proporcionar o acesso do público mineiro a essas obras, unidas em um só espaço, é uma forma de valorizar um acervo que merece ser apreciado”, conclui.

Este evento tem correalização da APPA- Arte e Cultura.

INFORMAÇÕES GERAIS
O quê? Acervo FCS – Desenhos
Onde? Café do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro – Belo Horizonte/MG)
Quando? Abertura: 25/09 | Período expositivo: 26/09 a 18/11 | De terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos das 16h às 21h.
Entrada? Gratuita.
Informações para o público (31) 3236-7400